Crescer com Leite de Cabra

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Crescer com Leite de Cabra

Mensagem  Celeste em Dom Abr 13, 2008 12:29 pm

Actualmente está-se a redescobrir cientificamente o valor nutricional da carne e do leite do cabra, bem como o seu potencial numa alimentação e estilo de vida saudáveis.
Consumir Leite ou outros productos lacteos com origem em leite de Cabra (o leite animal mais adequado para o ser humano) é cada vez mais destacado como uma opção correcta.
Um longo caminho, a trilhar, levará a uma produção e consumo mais significativo de Leite de Cabra e dos derivados (queijo, yogurte, manteiga, etc).
Felizmente longe vão os tempos em que as cabras foram apontadas como animais inimigos da floresta, da sobrevivência dos pobres (o que não seria missão pouco nobre), como animais que seriam futuramente substituídos pelas produtivas e dóceis vacas... Nada temos contra as Vacas, mas parece-nos que o futuro reserva um lugar de honra para os caprinos, esses bichos a que desde criança estou ligada.
Para muitos bebés, quando não era possivel a amamentação materna, eram as cabras quem fornecia o leite que criou centenas ou milhares de crianças pelas quintas e serranias de Portugal. Embora já tivesse tido o privilégio de me darem amamentação no biberão a partir de leite em pó, é verdade que os primeiros dias lá foram á base de leite cabra... E cresci... E muita gente anda e andou por esse mundo fora, exclusivamente, porque em bebés o leite de cabra lhes permitiu crescerem e desenvolverem-se. Acho que para todos estes, as cabras nunca podem ser um animal de segunda linha, até porque de certo modo lhes devem a vida!
cheers

Celeste

Mensagens : 3
Data de inscrição : 26/03/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Produtos de origem caprina

Mensagem  Açor em Seg Nov 03, 2008 11:20 am

Felizmente que há uma certa retoma da actividade da caprinicultura por parte de jovens agricultores. É triste verificar que a caprinicultura esteve até há pouco tempo associada a atraso e pobreza e era desprezada como uma actividade marginal na agro-pecuária, digna apenas dos povos atrasados das serranias e, por isso, desprezada pelos serviços oficiais.
Por isso Portugal não progrediu nesta actividade, como a França e até a Espanha. Em França e no Canadá e noutros países mais desenvolvidos, a caprinicultura é um sector prestigiado que produz qualidade e onde os serviços oficiais a têm apoiado e desenvolvido: basta fazer uma pequena pesquisa na net em francês ou inglês, mas também em espanhol. No Brasil esta actividade está em franca expansão e existe muita investigação. Está na altura de os caprinicultores das Beiras se unirem e fazerem por prestigiar a sua profissão.

Açor

Mensagens : 2
Data de inscrição : 03/11/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Associativismo na Caprinicultura

Mensagem  Michael Gonçalves em Qua Nov 05, 2008 5:59 pm

Como em todas as outras actividades, tb a Caprinicultura terá muito a ganhar nas Beiras e em portugal com um associativismo forte, sobretudo se ele for sustentado pela vontade dos criadores em contribuirem para melhorar a qualidade e rendimento da sua actividade profissional e vida social, etc.

Estando nós muito longe do ideal, e até da realidade internacional da caprinicultura, podemos no entanto destacar como positivos alguns passos já dados. Em termos de serviços oficiais de agricultura tem existido alguma investimento e investigação relativamente ás raças autócnes portuguesas de caprinos, se bem que com altos e baixos, conforme as alterações de prioridades politicas e as fases de maior ou menor disponibilidade orçamental nacional ou comunitário. Exemplos desse trabalho, alem da investigação produzida são os centros de experimentação e demonstração e o apoio ás associações de criadores no sentido de assegurarem a melhoria genética das raças ou de criarem/certificarem produtos.

Em termos mais associativos destaco a existencia da ANCRAS (Associação Nacional de Criadores de Raça Autocne Serrana) a nivel Nacional que tem vindo a desenvolver o trabalho de Melhoramento Genético e de Livro Genealógico das cabras Serranas Portuguesas. Já em termos de Livros Genealógicos de raças importadas, muito pouco está ainda feito.

Relativamente á Beira Serra destaco a existência da CAPRIBEIRAS, Associação de Criadores das Beiras, com sede em Góis, e à qual tenho a honra de também pertencer, tanto como associado, como enquanto elemento da direcção.

De facto, até pela pouca disponibilidade de tempo livre de alguns associados e membros de órgãos, a CAPRIBEIRAS nem sempre tem feito tudo quanto deveria, mas ainda assim mantém um boletim aos associados (CAPRIDEIAS); organiza pontualmente alguns Encontros; Promoção do Consumo dos produtos da fileira caprina; Jornadas e visitas Técnicas na região ou fora dela; e sobretudo tem colaborado com a ADIBER e outras entidades no sentido de se alcançar a certificação do cabrito de uma vasta região, com uma IGP, mas esse processo tem sido obviamente moroso e dispendioso. No entanto, ao nivel local o trabalho está feito, falta agora que o processo seja aprovado a nivel nacional e comunitário.

Claro que se a caprinicultura se conseguir renovar e recuperar novo fólego na região, tendencialmente poderiam surgir mais associados, ganhando-se mais massa crítica e capacidade concretizadora, o que permitiria que também ao nivel associativo a Caprinicultura ganhasse maior dimensão e iniciativa.

Michael Gonçalves

Mensagens : 10
Data de inscrição : 30/03/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Crescer com Leite de Cabra

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum